10 curiosidades sobre o girassol, uma das flores mais antigas do mundo

Por ser de fácil cultivo, ela é encontrada nos quatro cantos do nosso planeta, e ao longo dos anos, conquistou o “coração” de diferentes nações.

O girassol, cientificamente chamado de Helianthus annus, é uma das flores mais versáteis do mundo. Ela não serve apenas para embelezar o jardim, mas também serve de alimentos para vários animais e também para os humanos. Por ser de fácil cultivo, ela é encontrada nos quatro cantos do nosso planeta, e ao longo dos anos, conquistou o “coração” de diferentes nações. 

Claro que uma planta como essa possui diversas informações interessantes. Confira abaixo 10 curiosidades sobre o girassol:

1 - Em todo o mundo existem mais de 60 tipos diferentes de girassóis. As variações são relativas ao tamanho e a cor da flor. Ao contrário do que muitos imaginam, nem todos os girassóis são amarelos. As pétalas podem ter a coloração marrom e laranja e serem listradas;

2 - Por precisarem da luz solar para se desenvolver (quanto mais sol, mais rápido o crescimento), o girassol desenvolveu um comportamento chamado de “heliotropismo”, que faz com que ele se incline na direção do sol;

3 - O girassol é uma flor que é cultivada desde 3000 a.C. Ele é nativo da América do Norte e começou a ser produzido para ser usado na produção de alimentos, remédios e corantes;

4 - Essa planta passou a ser levada para outras regiões do mundo a partir de 1500, quando navegadores passaram a explorar e viajar com mais frequência;

Foto: PixabayO girassol é uma planta versátil, pois além de embelezar o jardim, serve de alimento para animais e humanos.
O girassol é uma planta versátil, pois além de embelezar o jardim, serve de alimento para animais e humanos.

5 - Na Rússia, o girassol conquistou a população com o czar Pedro I, que decidiu levar a planta para o país. Ela caiu no gosto popular por causa do óleo produzido a partir de suas sementes, cujo uso não era proibido durante o período da Quaresma, ao contrário dos demais tipos de óleos;

6 - Os girassóis possuem a capacidade de remover toxinas de solos contaminados. Eles conseguem remover até mesmo elementos como chumbo, urânio e arsênico. Por isso, seu plantio foi feito em grande quantidade em regiões atingidas por desastres naturais, como, por exemplo, Fukushima;

7 - Cada cabeça de girassol é formada por várias flores menores. É nessa área que as sementes se desenvolvem e também é lá que ficam os órgãos sexuais da planta, que promovem a reprodução;

8- O óleo de girassol é um dos mais recomendados para quem quer uma alimentação saudável e deseja substituir gorduras “ruins”. Ele é rico em ferro, cálcio e vitaminas A e D;

9 - O ciclo de vida de um girassol é curto, vivendo por apenas um ano. Ao contrário de outras plantas, que podem florescer diversas vezes, o girassol floresce apenas uma vez e, em seguida, morre;

10 - O girassol pode ser usado como fonte de energia renovável. Seu óleo é utilizado na produção de biodiesel, tornando-se uma fonte de geração de energia.

Veja: 10 flores comestíveis que você pode incluir em seus pratos 

Descubra também: Qual a maior flor do mundo?

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais